Open Journal Systems

Relação entre sentido de vida e satisfação com a vida

Leonardo de Oliveira Barros, Thaline da Cunha Moreira, Dianniffer Aparecida Oliveira, Ana Paula Porto Noronha

Resumo


Esta pesquisa objetivou verificar a relação entre sentido de vida e satisfação com a vida. Participaram 901 pessoas, residentes em 25 estados brasileiros, dos quais 81,9% eram do sexo feminino. As idades variaram entre 18 e 77 anos (M=35,19; DP=11,9). Foi aplicado um questionário desenvolvido pelos autores e a Escala de Satisfação com a Vida (ESV). Foi possível observar que as pessoas que praticam alguma religião estão mais satisfeitas com a vida do que aquelas que não frequentam instituições religiosas. Em relação à escolaridade, indivíduos que declararam ter cursado Pós-Graduação apresentaram níveis mais altos de satisfação com a vida quando comparados com os que cursaram Ensino Médio e Ensino Superior. Além disso, os homens afirmaram mais frequentemente ausência de algo importante na vida. Os achados são discutidos à luz da literatura.


Palavras-chave


psicologia positiva; logoterapia; bem-estar subjetivo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/riep.v25i3.68813