Infrações no trânsito: uma necessária distinção entre erros e violações

João Bosco de Assis Rocha

Resumo


Alguns milhões de infrações são cometidas no trânsito a cada ano no Brasil, resultando em milhares de mortes, feridos e prejuízos materiais. Somente nos últimos anos, entretanto, surgiu um crescente interesse dos estudiosos do comportamento humano no trânsito pelo entendimento da infração e a sua etiologia. Os erros, diferentemente das violações que são caracterizadas pelas ações deliberadas, como avançar sinal vermelho, por exemplo, são influenciadas pelo contexto socioeconômico e relacionam-se com os processos cognitivos do indivíduo. Poder-se-ia dizer que, na violação, ocorre uma escolha consciente, enquanto, no erro, a opção aparece como única ou correta. Supõe-se que o conhecimento da etiologia e a distinção entre as modalidades de infrações poderão possivelmente proporcionar um melhor direcionamento das ações das autoridades e educadores nas questões do trânsito.

Palavras-chave: erros; violações; trânsito.

 


Palavras-chave


erros; violações; trânsito

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v9i1.3297

Direitos autorais