Professores de arquitetura diante da questão do desenvolvimento humano e da inclusão social das pessoas com deficiência

Raquel Mazo, Lúcia Pereira Leite

Resumo


 

 

A Psicologia Histórico-Cultural entende que o indivíduo se apropria da cultura e se desenvolve pelas interações sociais. O arquiteto atua indiretamente sobre o desenvolvimento humano, produzindo espaços que possibilitam variados níveis de interação entre os indivíduos. Para responder se os cursos de graduação brasileiros em Arquitetura formam profissionais que favoreçam a inclusão social das pessoas com deficiência, esta pesquisa investigou a concepção de professores de um curso público de Arquitetura sobre temas relacionados à problemática. Os relatos obtidos em entrevistas foram submetidos à análise de conteúdo categorial. Nos resultados, com exceção da concepção de Arquitetura, entendida como área do conhecimento que traz ganhos à vida humana, predominaram concepções pouco reflexivas e mais técnicas.

Palavras-chave: psicologia; acessibilidade; deficiência; ensino; arquitetura.

 

 


Palavras-chave


psicologia; acessibilidade; deficiência; ensino; arquitetura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v16i1.19674

Direitos autorais