Agentes, formações profissionais e trajetórias sociais: notas sobre os integrantes do Conselho de Administração (CAd) da Companhia de Saneamento do Paraná (SANEPAR) entre 1998 e 2002

Marcus Roberto de Oliveira

Resumo


Em conjunturas que envolvem o planejamento, a implantação e a execução de serviços de água e esgoto numa dada região, a mobilização de inúmeros agentes sociais torna evidente a existência (e a operação) de campos sociais. Numa diversidade de agentes sociais, habitus e interesses, operam e entrelaçam-se uma significativa quantidade de campos sociais; como por exemplo, os campos político, empresarial, profissional, jurídico entre outros. Assim, nos contextos em que os serviços de água e esgoto são planejados, implantados executados e administrados, os campos sociais vigentes podem ser compreendidos enquanto subcampos componentes de um amplo campo: um campo social Água e Esgoto (AE). No intuito de compreender tal dinâmica, o presente texto buscará uma reflexão acerca das formações profissionais e das trajetórias sociais dos integrantes do Conselho de Administração (CAd) da Companhia de Saneamento do Paraná (SANEPAR) entre 1998 e 2002. Nesse intervalo, expressivos capitais foram movimentados.

Palavras-chave


CAd da SANEPAR entre 1998 e 2002; Formações profissionais; Trajetórias sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/nep.v4i1.60228

Apontamentos

  • Não há apontamentos.