As percepções sobre as variações e mudanças climáticas e as estratégias de adaptação dos agricultores familiares do Seridó potiguar

Anna Jéssica Pinto de Andrade, Neusiene Medeiros da Silva, Cimone Rozendo de Souza

Resumo


As mudanças climáticas podem tornar mais escassos os recursos naturais das regiões semiáridas do planeta, prejudicando as populações agrícolas que dependem de sua qualidade. O Seridó potiguar é uma região na qual os agricultores já enfrentam as dificuldades para a produção agrícola geradas pelas características do semiárido, como a ocorrência de secas periódicas e enxurradas. Para essa população rural, considerada vulnerável, a necessidade de adaptação às mudanças climáticas se apresenta como mais um grande desafio. Nesse sentido, o presente estudo buscou analisar as percepções dos agricultores sobre as variações e mudanças no clima e suas estratégias para lidar com o semiárido. O estudo foi realizado em 29 comunidades de quatro municípios da região por meio de entrevistas com atores locais e da aplicação de questionários com 241 agricultores. A percepção dos agricultores sobre as variações climáticas é bastante difusa, porém, eles afirmam que as mudanças podem ser observadas principalmente pela alteração dos períodos chuvosos e secos, bem como pela intensificação destes. Embora a região constitua um dos núcleos de desertificação identificados pelo Ministério do Meio Ambiente (2004), em geral as estratégias desenvolvidas para a convivência com a semiaridez são bem reduzidas, o que gera uma condição de vulnerabilidade que poderá ser agravada numa situação de mudanças climáticas mais profundas. A falta de assistência técnica e a escassez de recursos financeiros são apontadas como fatores limitantes para a adoção de estratégias de adaptação. Sendo assim, é necessário promover e estimular as estratégias de convivência com o semiárido e de adaptação às mudanças climáticas na região do Seridó potiguar.

Palavras-chave


percepção; semiárido; agricultura familiar

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v31i0.32955



Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109

Flag Counter

 
A partir de 2023, Desenvolvimento e Meio Ambiente de https://revistas.ufpr.br/made está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. CC BY 4.0
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.ufpr.br/made/about.