ALIMENTAÇÃO INFANTIL E O MARKETING DA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS. BRASIL, 1960-1988

Suely Teresinha Schmidt Passos de Amorim

Resumo


Este estudo trata das mudanças na alimentação infantil no Brasil, de 1960 a 1988, por meio da análise da publicidade comercial veiculada em revistas femininas de grande circulação no período. Trata-se de um estudo interdisciplinar, centrado na área da História da Alimentação. A metodologia empregada versou sobre a análise do discurso, representado nesta pesquisa pelas mensagens e imagens publicitárias de alimentos para crianças. O estudo evidencia que o principal fator responsável pelas mudanças na alimentação infantil, especialmente pela introdução do leite em pó como substituto do leite materno e de outros alimentos que complementaram o aleitamento, foi a indústria de alimentos.

Palavras-chave


alimentação infantil; marketing; discurso médico; infant feeding; marketing; medical discourse

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/his.v42i0.4638

Licença Creative Commons Os textos da revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
 
História: Questões & Debates. ISSN: 0100-6932 e e-ISSN: 2447-8261.
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PPGHIS-UFPR) - com apoio da da Associação Paranaense de História (APAH)

Universidade Federal do Paraná
Rua General Carneiro, 460, 7º andar
Curitiba – Paraná – Brasil - CEP: 80060-150