URBANIZAÇÃO: CRÔNICA DE UM PROJETO FRUSTRADO

Pedro Ribeiro Giamberardino

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo resgatar os principais pontos norteadores da Reforma Urbana. No primeiro tópico, conceitua-se a cidade como um complexo de classes sociais estratificadas com suas devidas funções. No segundo, contesta-se a forma de opacidade social, produzida em grande parte pelo Direito, cujos valores ficam restritos a planos meramente formais, sem preocupações quanto à sua materialidade. No terceiro, retoma-se a urbanização, porém, interpretada segundo a história colonial. No último analisam-se os impactos da industrialização, procurando delinear de que maneiras e de onde deve partir a efetiva democratização e mudança dos espaços sociais brasileiros, e, mais propriamente, como haver uma reforma legitimamente democrática.

Palavras-chave


Espaço urbano; Ideologia dominante; Ordem produtiva; Legitimidade democrática

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rfdufpr.v43i0.7040

Revista da Faculdade de Direito UFPR. ISSN: 0104-3315 (impresso) 2236-7284 (eletrônico).