Acordo nuclear entre Irã e Grupo 5+1: uma análise sob a perspectiva da interdependência complexa

Leandro Dalalibera Fonseca

Resumo


O presente artigo analisa o acordo histórico firmado entre o Irã e o Ocidente (ano do acordo) e que tem como interlocutor a AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica), sob a perspectiva da visão liberal das relações internacionais, notadamente do Institucionalismo Neoliberal. Para desenvolver essa análise, o artigo examinou os relatórios da Agência no caso específico do Irã, após a assinatura do acordo. A teoria do Institucionalismo Neoliberal sustenta as possibilidades de cooperação entre os Estados e considera os regimes e as organizações internacionais como instrumentos que viabilizam essa mesma cooperação, por meio da aplicabilidade de suas normas. Já a análise dos relatórios busca aferir a efetividade da fiscalização da Agência no acordo em questão. O objetivo desse artigo é compreender o acordo nuclear entre o Irã e o Grupo 5 + 1. Os principais resultados alcançados foram que partindo de uma visão própria do institucionalismo neoliberal, pode-se compreender o acordo Irã/Ocidente como uma vitória da Diplomacia e do papel das organizações internacionais na cooperação entre os Estados.

Palavras-chave: Irã; Acordo Nuclear; AIEA, relatórios


Texto completo:

PDF

Referências


AIEA - Agência Internacional de Energia Atômica/InternationalAtomic Energy Agency. Disponível em: http://www.iaea.org/. Acessado em 20 de Junho de 2011.

BAHGAT, Gawdat. Nuclear proliferation: The Islamic Republic of Iran, Iranian Studies, 39:3, 307-327, 2006.

BHADRAKUMAR, M. K. Iran’s ‘Look East’ policy takes wing. Asia Times Online,17 de julho de 2015. Disponível em: http://atimes.com/2015/07/irans-look-east-policytakes-wings.

CLAUSEWITZ, Carl Von. Da guerra. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

FISCHER, David. History of AIEA. Disponível em: http://www.iaea.org. Acessado em 12 de Abril de 2011.

FONSECA, Leandro Dalalibera. A AIEA Agência Internacional de Energia Atômica e a efetividade de suas medidas no cumprimento dos dispositivos do Tratado de Não- Proliferação Nuclear: estudo de caso do programa nuclear iraniano. Dissertação (Mestrado em Ciência Política), Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da UFPR. Curitiba, 2012.

GOLDSCHMIDT, B. The Negotiation of NPT. Disponível em: http://www.iaea.org. Acessado em 25 de Setembro de 2015.

GOLDEMBERG, José. O Protocolo Adicional do TNP. Disponível em: http://sergyovitro.blogspot.com.br/2011/02/o-protocolo-adicional-jose-goldemberg.html. Acessado em 30 de Novembro de 2011.

HERZ, Mônica. Organizações Internacionais: história e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

JACKSON, R.; SORENSEN, Georg. Introdução às Relações Internacionais. Rio de Janeiro: Zahar, 2007.

KECK, Zachary. The Geopolitics of a US-Iran Détente. The Diplomat, 20 de novembro de 2013. Disponível em: http://thediplomat.com/2013/11/the-geopolitics-of-a-us-iran-detente/

KEOHANE, Robert O. NYE, Joseph S “Power and Interdependence in the Information Age”. Foreign Affairs, v. 77 no. 5 (September/October 1998) - Council on Foreign Relations, 1998.

KEOHANE, Robert O.; NYE, Joseph S. Power and Interdependence. New York: Longman, 2001.

KEOHANE, Robert. After Hegemony – Cooperation and Discord in the World Political Economy. Princeton: Princeton University Press, 2005.

NETO, Ibrahim Adbul Hak. Armas de Destruição em Massa no Século XXI: Novas Regras para um Velho Jogo - O paradigma da Iniciativa de Segurança contra a Proliferação. Brasília: FUNAG, 2011.

NOGUEIRA, João P. e MESSARI, Nizar. Teoria das relações Internacionais: Correntes e teorias. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

PEREIRA MACEDO, Maria Clara Guerra Gomes. Declaração de Teerã: a iniciativa turco-brasileira para a questão nuclear iraniana. Brasília: Unb, 2014.

PANELLI CÉSAR, Luis Fernando. TNP (1968). In: MAGNOLI, Demétrio (Org.) História da Paz. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

ROBERTO, William Moraes. O acordo nuclear do Irã: uma análise das possíveis razões e impactos. Nerint, 2015.

ROBINSON, William. Capitalismo Transnacional. Disponível em http://www.controversia.com.br/blog/capitalismo-transnacional/. Acessado em 16 de Abril de 2011.

ROSENAU, James. The Study of Global Interdependence: Essays on the Transnationalisation of World Affairs. New York: Nichols, 1980.

SEBENIUS, James K.Is a Nuclear Deal with Iran Possible? An Analytical Framework for the Iran Nuclear Negotiations. Journal Article, International Security, volume 37, issue 3, page 52–91

TOURINHO, Marcos. O acordo nuclear com o Irã: o papel e as contribuições das sanções internacionais. Política Externa, 2015.

UNITED NATIONS. The Security Council: Working Methods Handbook. United Nations Publication, 2012.

WALTZ, Kenneth. Teoria das relações internacionais. Lisboa: Gradiva, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cg.v7i3.64067

Apontamentos

  • Não há apontamentos.