A política externa (sub)nacional: um estudo da paradiplomacia do Estado do Rio de Janeiro e de sua relação com o governo federal

Fernanda Cristina Nanci Izidro Gonçalves, Patrícia Cabral de Oliveira

Resumo


Este artigo objetiva analisar a paradiplomacia, em especial do Estado do Rio de Janeiro, e identificar como o governo federal, por meio do Itamaraty, vem lidando com esse fenômeno que traz implicações para a política externa brasileira. Conclui-se que, embora a paradiplomacia implique desafios para a coordenação da política exterior, a chancelaria tem se articulado com as unidades subnacionais, percebendo o potencial de ampliar a representação dos interesses nacionais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cg.v6i1.51753

Apontamentos

  • Não há apontamentos.