Organizações internacionais como agentes de transferência e difusão de políticas públicas

Glaucia Julião Bernardo

Resumo


As organizações internacionais destacam-se no cenário mundial, direcionando e mediando o relacionamento entre países. Entretanto, é fundamental, também, discutir o impacto delas em âmbito interno. Pretende-se, neste artigo, demonstrar como as organizações internacionais podem condicionar as políticas públicas dos países. Com base nas teorias de transferência e difusão de políticas públicas, foram analisadas ações da ONU, do Banco Mundial, da UE e do Mercosul. Encontraram-se elementos que comprovam que esses atores podem ser agentes de transferência e difusão de políticas públicas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cg.v5i2.49344

Apontamentos

  • Não há apontamentos.