Atores Sociais na Política Externa Chilena: o Caso da Aliança do Pacífico

Marcelino Teixeira Lisboa

Resumo


O texto investiga a participação de atores não governamentais no processo decisório da política externa chilena, na fase de tramitação e aprovação do tratado da Aliança do Pacífico no âmbito político institucional. Verificou-se a participação do empresariado, principalmente nas fases decisórias que concernem ao executivo. Na fase legislativa não houve a participação direta das entidades organizadas do empresariado, mas de think tanks ligados aos partidos políticos e instituições vinculadas à academia.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cg.v5i1.47428

Apontamentos

  • Não há apontamentos.