Uma ideia de comunidade de segurança Brasil-Argentina: poder e interdependência na ordem global dos anos 1970-1980

Bruno Valim Magalhães

Resumo


A partir do modelo de comunidades de segurança, avaliamos as forças conjunturais que levaram à inflexão das políticas exteriores e de segurança bilaterais brasileira e argentina entre os anos 1970 e 1980, propiciando o desenvolvimento de uma comunidade de segurança entre os dois. Nossas conclusões são que Brasil e Argentina já seriam uma comunidade de segurança nascente nos governos Sarney-Alfonsín.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cg.v5i1.47422

Apontamentos

  • Não há apontamentos.