A inédita participação do Brasil na MINUSTAH e os desafios de uma solução duradoura para o Haiti

Guilherme Athaides Guimarães

Resumo


O artigo em questão está dividido em três partes. Primeiramente, busca-se resgatar a história do Haiti. Depois, apresenta-se o histórico das missões da ONU para o Haiti e porque a participação do Brasil na MINUSTAH se revestiu de um caráter inédito. Na terceira parte, sustenta-se que a fonte dos problemas do Haiti é política e que a superação deles passa pelo empoderamento do povo haitiano, através, sobretudo, da educação e da conscientização política, uma vez que ele é o principal ator no desenvolvimento do país.

Palavras-chave: Haiti; Brasil; MINUSTAH.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cg.v4i2.43175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.