Leitura de gênero sobre os estudos de segurança internacional

Claudia Santos

Resumo


O que esta pesquisa se propõe a apresentar é uma leitura de gênero dos Estudos de Segurança Internacional a partir dos estudos feministas de segurança que fazem parte das Teorias contemporâneas de Segurança Internacional, no qual se reivindica uma expansão do objeto de referência para que se incluam mulheres. A hipótese deste trabalho é de que apesar do crescente esforço teórico para a inclusão de mulheres nos Estudos de Segurança Internacional e da ONU por meio das suas resoluções, percebe-se que na realidade as instituições militares continuam apresentando uma postura pouco democrática quanto à inserção de mulheres e em certa medida essencialista, principalmente com relação aos conflitos e o papel da mulher, que é excluída das posições de combate e colocada em posições relacionadas às missões de paz.

Palavras-chave: Segurança Internacional, Feminismo, Instituições Militares.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cg.v4i2.43171

Apontamentos

  • Não há apontamentos.