Rosto, retrato e ambiguidade do sagrado

Edilson Pereira, Paola Lins de Oliveira

Resumo


Qual efeito o rosto e o retrato produzem na experiência sagrada? Para responder a essa questão, apresentamos um conjunto de imagens de pessoas, artefatos e situações heterogêneas entre si para traçar uma cartografia das relações entre rosto, sua captura fotográfica e as formas sensíveis de expressão do sagrado, em suas manifestações religiosas e festivas. Através do registro de certos personagens em espaços e tempos rituais, seja dentro ou fora do país, e em diálogo com reflexões do campo da antropologia e também das artes, mapeamos aquilo que unificaria as diferentes modalidades de relação estabelecidas com a face humana e sua potência comunicativa.


Palavras-chave


Antropologia visual; sagrado; retrato; ritual; Carnaval

Texto completo:

PDF (Ahead of print)

Referências


Bataille, G. (1987). O Erotismo. Porto Alegre: L&PM.

Bataille, G. (2018). Documents: Georges Bataille. Florianópolis: Cultura e Barbárie.

Gonçalves, M. A.T. (2016). Retrato, pessoa e imagem: o universo fotográfico de Madalena Schwartz. Revista de Antropologia, 59(3), 239-264. https://doi.org/10.11606/2179-0892.ra.2016.124819

Latour, B. (2008). O que é iconoclash? Ou, há um mundo além das guerras de imagem? Horizontes Antropológicos, 14(29), 111–50. https://doi.org/10.1590/S0104-71832008000100006

Mauss, M. (2010). Sociologia e Antropologia. São Paulo: Cosac Naify.

Menezes, R. de C., & Pereira, E. (2022). Imagens da religião em um carnaval da Mangueira. GIS - Gesto, Imagem e Som - Revista de Antropologia 7(1), e185745. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2022.185745

Meyer, B. (2019). Idolatry beyond the Second Commandment: Conflicting Figurations and Sensations of the Unseen. In B.

Meyer, & T. Stordalen (orgs.). Figurations and Sensations of the Unseen in Judaism, Christianity and Islam (pp. 77-96). Londres: Bloomsbury.

Morgan, D. (2014). The Ecology of Images. Seeing and the Study of Religion. Religion and Society: Advances in Research, 5, 83-105. https://doi.org/10.3167/arrs.2014.050106

Oliveira, P. L. (2020). Matisse e a religião da arte. Revista Brasileira de Ciências Sociais, 35(104), e3510407 https://doi.org/10.1590/3510407/2020

Pereira, E. (2019). As imagens encarnadas entre mortos e vivos: notas etnográficas sobre ritual e retrato. Sociologia & Antropologia, 9(2), 638-663. https://doi.org/10.1590/2238-38752019v9213

Pereira, E. (2020). Fotografia e ritual: ensaio sobre os homens e as imagens da Paixão. Cadernos de Arte e Antropologia, 9(2). https://doi.org/10.4000/cadernosaa.3286

Pinney, C. (1996). A história paralela da antropologia e da fotografia. Cadernos de Antropologia e Imagem, 2, 29-52.

Simmel, G. (1986). Digresión sobre sociología de los sentidos. In Sociología. Estudio sobre las formas de socialización Tomo 2 (pp. 676-695). Madrid: Alianza.

Simmel, G. (2020). Georg Simmel: Essays on Art and Aesthetics. Edited by Austin Harrington. Chicago: University of Chicago Press. https://doi.org/10.7208/chicago/9780226621128.001.0001

Sontag, S. (2004). Sobre fotografia: ensaios. São Paulo: Companhia das Letras.

Taussig, M. (1999). Defacement – Public Secrecy and the Labor of the Negative. Stanford/California: Stanford University Press. https://doi.org/10.1515/9781503617131




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cra.v23i2.84044

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2022 Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM