Nhe’ẽ para os Guarani (Nhandeva e Mbya)

Sandra Benites

Resumo


Os termos nhe´ẽ e aywu apresentam semelhanças e contrastes nos usos que deles fazem os Guarani Nhandeva os Guarani Mbya. Dentre os muitos sentidos evocados por ambos, destacam-se espírito, ser, vida, palavras, falas, som. Se para os Guarani Mbya, a fala comum é associada ao termo aywu, entre os Nhandeva este termo é utilizado para se referir às palavras sagradas. Nhe´ẽ, por sua vez, é o termo utilizado pelos Nhandeva na fala comum, enquanto para os Guarani Mbyá é utilizado como palavra sagrada. Sem enrijecer distinções, este texto mostra que, entre os Nhandeva, nhe´ẽ é também utilizado como palavra sagrada quando se refere a um ser espírito ou a um sentimento. Neste texto, busco apontar para a importância da boa fala para a construção da pessoa guarani, um caminho (tape) para o bem viver, teko porã.

Palavras-chave


palavra; fala; Guarani; nhe´ẽ; aywu

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cra.v21i1.77443

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM