Ultrapassando Vedações e Resgatando Memórias

Sara Pargana Mota

Resumo


Neste texto pretende-se refletir sobre a importância das representações visuais na redescoberta e recuperação de histórias do violento passado colonial da Austrália, reinvestindo-as de significado e poder de reflexão e ação. Com este objetivo, exploram-se duas importantes referências: a investigação de Roslyn Poignant sobre o encarceramento de um grupo de indígenas australianos no mundo do espectáculo Ocidental, com a sua recuperação de fotografias do arquivo colonial, e o filme Rabbit-Proof Fence (2002), que lida com o processo histórico que se designou na Austrália por “Gerações Roubadas” – exemplos que procuram romper com o silêncio da memória indígena australiana e resgatá-la.


Palavras-chave


Aborígenes Australianos; representações visuais; histórias; recuperação; memória

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cam.v11i2.20204

Direitos autorais