Jihad: duas interpretações contemporâneas de um conceito polissêmico

Youssef Cherem

Resumo


Quais são os papéis e os significados do conceito de jihad para os movimentos islamistas contemporâneos? O objetivo deste artigo é apresentar duas releituras contemporâneas do conceito de jihad – entendido este como luta armada e militância pública – através da análise das obras de dois pensadores islamistas contemporâneos, Sayid Imam e Yusuf al-Uyayri, em cujos escritos se torna evidente a concepção do jihad como luta moral e ascese. A especificidade das leituras do jihad em contextos contemporâneos é que ele se individualiza, tornando-se, ele próprio, um “modo de vida” e uma escolha no plano individual, sendo reformulado e vivido por pensadores e militantes islâmicos alheios tanto às instituições tradicionais de transmissão do conhecimento religioso islâmico quanto ao Estado. Os percursos diversos de vida e as obras de Sayid Imam e Yusuf al-Uyayri podem ser, assim, lidas como exemplo de um enfoque distinto do tema de jihad entre os militantes islâmicos.


Palavras-chave


jihad; islamismo; terrorismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cam.v10i2.17045

Direitos autorais