Open Journal Systems

INFLUÊNCIA DE DIFERENTES FONTES DE MATÉRIA ORGÂNICA EM COMPONENTES FISIOLÓGICOS DE FOLHAS DA ESPÉCIE SCHINUS TEREBINTHIFOLIUS RADDI. (ANACARDIACEAE)

Ramon Amaro de Sales, Ricardo Amaro de Sales, Robson Argolo dos Santos, Waylson Zancanella Quartezani, Sávio da Silva Berilli, Evandro Chaves de Oliveira

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito das diferentes fontes de matéria orgânica incorporadas ao substrato sobre os índices fisiológicos e metabólitos secundários. O experimento foi conduzido no IFES Campus Itapina em um delineamento de blocos casualizados, e os tratamentos consistiram de cinco fontes alternativas de matéria orgânica na proporção de 20% misturadas ao substrato de terra pura. Foram avaliados os teores de clorofilas a, b, total, carotenoides e suas relações através da extração de clorofila, a medida indireta de nitrogênio e clorofila pelo aparelho SPAD, além dos índices de fluorescências obtidos pelo aparelho Multiplex®, no qual mede os índices de flavonóides (FLAV), antocianina (ANT-RG e ANT-RB), clorofila total (SFR-G e SFR -R) e balanço de nitrogênio (NBI-G e NBI-R). Houve aumento nos teores de NBI-G e NBI-R e um decréscimo no FLAV, no substrato com resíduo de indústria de café. Os substratos que usaram como fonte alternativa o lodo de curtume apresentaram maiores valores de flavonóides, sendo inversamente proporcionais ao balanço de nitrogênio. Os índices determinados com o medidor SPAD correlacionaram-se positivamente com os teores de clorofila a, total e carotenóides, entretanto os índices obtidos pelo aparelho Multiplex® só foram significativos quando correlacionados com os valores SFR_R da planta inteira e SFR_G da parte adaxial.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rsa.v19i1.51511