Contribuição, limites e possibilidades latino-americanas para as ciências da comunicação

Bruno Santos Nascimento Dias

Resumo


 

Este artigo propõe uma revisão histórica e conceitual do pensamento crítico sobre comunicação na América Latina para, a partir disto, identificar quais as suas contribuições, limites e possibilidades. Partindo da perspectiva contemporânea da crítica decolonial, que situa a comunicação no contexto das ciências modernas, observamos as origens do campo comunicacional na região, com seus modelos, referentes fundacionais e processos de institucionalização até chegar ao momento presente. Atualmente, esta linha de pensamento encontra-se entre um passado político e socialmente comprometido e um presente fragmentado e diversificado que oferece desafios e possibilidades dentre as quais se destaca a comunicação decolonial.


 


Palavras-chave


Comunicação; América Latina; Decolonialidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/2238-0706.2021n22.03