A importância da Rede Globo na difusão dos sucessos das gravadoras independentes brasileiras entre 1971 e 1975

Johan Cavalcanti van Haandel

Resumo


A telenovela é um dos principais produtos da televisão brasileira e um dos seus componentes é a trilha sonora, que tem entre seus elementos as músicas inseridas em seus capítulos, as quais são lançadas em discos. Desde 1971 a Rede Globo lança os discos de suas telenovelas por meio da SIGLA, mais conhecida pelo nome de seu selo principal, Som Livre, gravadora pertencente ao conglomerado Globo. Em 1971 ela iniciou a prática de lançar discos das telenovelas com músicas internacionais inseridas em seus capítulos. Entre 1971 e 1975 a SIGLA teve como principais parceiros na cessão de fonogramas para estes discos as gravadoras independentes Beverly, CID, EBRAU, Nova Music, RGE/Fermata, Tapecar e Top Tape. O objetivo do presente trabalho é observar o papel da Rede Globo na difusão dos sucessos destas gravadoras entre 1971 e 1975.

Palavras-chave


Telenovela; Indústria fonográfica brasileira; Rede Globo; Som Livre.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/2238-0701.2020n21.12