RE-DUÇÃO: DAS CIÊNCIAS DAS RELIGIÕES À UMA INVESTIGAÇÃO FENOMENOLÓGICO-HERMENÊUTICA DO FENÔMENO RELIGIOSO

Marcos Aurélio Fernandes

Resumo


este artigo pretende ensaiar um fio condutor para a investigação fenomenológico-hermenêutica da religião. A condução investigativa se propõe como re-dução (retorno às fontes da experiência religiosa). A perspectiva é de um caminho que parte das ciências da religião, especialmente a história e a antropologia das religiões, para uma fenomenologia descritiva, uma fenomenologia essencial e, por fim, uma fenomenologia transcendental do fenômeno religioso. O sagrado é o elemento do fenômeno religioso. É uma região de ser, uma estruturação de sentido, um mundo aberto pelo lógos do fenômeno religioso.  Ele abre a dimensão do “nada do mistério”. A fenomenologia hermenêutica, investigando-o, faz-se, por fim, hermética.


Palavras-chave


religião, sagrado, reduções fenomenológicas, hermenêutica

Texto completo:

PDF

Referências


ARISTOTELE. Etica Nicomachea. Milano : Rusconi, 1998.

DILTHEY, W. Ideias acerca de uma psicologia descritiva e analítica. Covilhã: LusoSofia, 2008.

DURKHEIM, É. Les formes élémentaires de la vie religieuse. Paris: PUF, 2013.

ELIADE, M. Traité d'histoire des religions. Paris: Payot, 1949.

FOGEL, G. O desaprendizado do símbolo: da experiência da linguagem. Rio de Janeiro: Mauad X, 2017.

FREUD, S. The Future of an Illusion - The Standard Edition of the Complete Psychological Works of Sigmund Freud Vol. XXI. London / New York: Hogart / Liveright, 1961.

GADAMER, H-G. Verdade e Método I: Traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Bragança Paulista / Petrópolis: EDUSF / Vozes, 1997.

HARADA, H. Reflexões de quem não sabe o que é oração. In: Boff, L.; Spindeldreier, A. e

HARADA, H. Coisas, velhas e novas: à margem da espiritualidade franciscana. Bragança Paulista: EDUSF, 2006.

HARADA, H. Fenomenologia da religião. Curitiba, 2013, Disponível em: freiharada.com.br. Fonte: O legado do frei Hermógenes Harada: https://pt.scribd.com/document/185465968/Fenomenologia-da-Religiao. Acesso em: 28 de Fevereiro de 2021.

HEIDEGGER, M. Fenomenologia da vida religiosa. Bragança Paulista / Petrópolis: EDUSF / Vozes, 2010.

HEIDEGGER, Martin. Ser e Tempo. Petrópolis / Bragança Paulista: Vozes / Edusf., 2012.

HUSSERL, E. Phänomenologische Psychologie (Husserliana IX). Den Haag: Nijhoff, 1968.

HUSSERL, E. Logische Untersuchungen II/2: Elemente einer phänomenologischen Aufklärung der Erkenntnis. Tübingen: Max Niemeyer, 1993a.

HUSSERL, E. Ideen zu einer reinen Phänomenologie und phänomenologischen Philosophie. Tübingen: Max Niemeyer, 1993b.

JAMES, W. As variedades da experiência religiosa: um estudo sobre a natureza humana. São Paulo: Cultrix, 2017.

JUNG, C. G. Espiritualidade e Transcendência (seleção e edição de Brigitte Dorst). Petrópolis: Vozes, 2015.

LEÃO, E. C. Aprendendo a Pensar I: o pensamento na modernidade e na religião. Teresópolis: Daimon, 2008.

LEÃO, E. C. Filosofia grega: uma introdução. Teresópolis: Daimon, 2010.

LEÃO, E. C. Apresentação. FERNANDES, M. A. À clareira do ser: da fenomenologia da existência à abertura da existência. Teresópolis: Daimon, 2011, pp. 15-16, 2011.

LEÃO, E. C. Filosofia Contemporânea. Teresópolis: Daimon, 2013.

LEÃO, E. C. Aprendendo a pensar III. Teresópolis: Daimon, 2017.

MÜLLER, M. The Science of Language. London: The Project Gutenberg Ebook, 2010.

OTTO, R. Kantisch-Frieschische Religionsphilosophie. Marburg: Universität Marburg, 1909.

OTTO, R. O sagrado. Lisboa: Edições 70, 2005.

RIES, J. L'uomo e il sacro: tratatto di antropologia religiosa. In: RIES, J et alii. Le origini e il problema dell'uomo religiosus. Milano: Jaca Book, 1989, pp. 23-31.

ROMBACH, H. Die Religionsphänomenologie. Ansatz und Wirkung von M. Scheler bis H. Kessler. In Theologie und Philosophie. Freiburg / Basel / Wien: 73, 4, p. 477-493, 1973.

ROMBACH, H. Der kommende Gott. Hermetik – eine neue Weltsicht. Freiburg im Breisgau: Rombach Verlag, 1991.

ROMBACH, H. Die Gegenwart der Philosophie: die Grundprobleme der abendländischen Philosophie und der gegenwärtige Stand des philosophischen Fragens. Freiburg / München: Karl Alber, ³1988.

SCHELER, M. Le Saint, le génie, le héros. Fribourg en Suisse: Egloff, 1944.

SCHELER, M. L'eterno nell'uomo . Roma: Edizioni Logos, 1991.

SÖDERBLOM, N. Ausgewählte Werke. Band I: Offenbarung und Religionen. Göttingen: Vandenhoeck und Ruprecht, 2011.

TROELTSCH, E. Psychologie und Erkenntnistheorie in der Religionswissenschaft. Eine Untersuchung über die Bedeutung der Kantischen Religionslehre für die heutige Religionswissenschaft. Tübingen: Scholar Select, 1915.

VAN DER LEEUW, G. Phänomenologie der Religion. Tübingen: Mohr, 1933.

WINDELBAND, W. Präludien II. Tübingen: Mohr, 1915.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rt.v10i1.79735