TURISMO ENQUANTO POTENCIALIZADOR E INDUTOR DA PRODUÇÃO IMOBILIÁRIA. UM ESTUDO SOBRE O POLO COSTA DAS DUNAS / RN

Maria Aparecida Pontes Fonseca, Miriam Hermi Zaar

Resumo


O Polo Costa das Dunas, principal região turística do Estado do Rio Grande do Norte, se transformou, nas últimas décadas, em uma significativa amostra da intrínseca relação entre turismo, mercado imobiliário e setor financeiro. Para comprovar este estreito vínculo, o presente trabalho tem como objetivo analisar a intrínseca relação entre turismo e mercado imobiliário, evidenciando como a dinâmica do turismo incrementa e direciona a expansão da atividade imobiliária. A metodologia empregada incluiu revisão bibliográfica; levantamento de dados na Secretaria Estadual de Turismo/RN (SETUR/RN) sobre a expansão do turismo nas últimas décdas; pesquisa documental nos cartórios imobiliários dos municípios do litoral oriental ao norte de Natal para caracterizar as tipologias dos produtos imobiliários decorrente das inversões estrangeiras, os valores dos imóveis, a nacionalidades dos compradores, dentre outras informações; e a utilização de informações divulgadas pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil/RN (SINDUSCON/RN) sobre a recente dinâmica imobiliária na Região Metropolitana de Natal. Constatou-se que os agentes dinamizadores deste processo promoveram a alteração da configuração sócio espacial e econômica do litoral potiguar, estabelecendo novos nexos entre esta região e o espaço global. É inegável a relevância que o setor imobiliário, aliado ao setor financeiro, assume no contexto do capitalismo atual na geração de riquezas. Isto explica o enorme crescimento na produção de bens imobiliários, inclusive destinados ao ócio e lazer, seja na praia, na montanha, na cidade ou no campo.

Palavras-chave


Lazer; Dinâmica Urbana; Litoral Oriental Potiguar

Referências


BENSON, M.; O’REILLY, K. (eds.) Lifestyle Migration. Expectations, Aspirations and Experiences". Farnham: Ashgate, 2009.

CAVALCANTI, K.B. Estado e política de turismo: a Via Costeira de Natal. Dissertação (Mestrado). CCSA/UFRN, Natal, 1993.

COSTA, A. A. A verticalização e as transformações do espaço urbano de Natal-RN. 2000. 308 f. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2000.

_____. A reestruturação produtiva e a (re)produção do espaço verticalizado em cidades do Rio Grande do Norte. In Revista Formação, n.23, volume 1, 2016, p. 112-132.

_____.; OLIVEIRA, V. M. M. A verticalização e o mercado imobiliário: um estudo sobre o bairro de Ponta Negra em Natal/RN, Brasil. In FURTADO, E. M; SANTOS, N. P. O pensamento de Milton Santos e a geografia brasileira. Natal: EDUFRN, 2016.

FERREIRA, A. L. De la produción del espacio urbano e la criación de territórios em la ciudad: um estudio sobre la constitución de lo urbano em Natal/Brasil. Tese (Doutorado). UB, Barcelona, 1996.

FONSECA, M. A.P. Espaço, políticas de turismo e competitividade. Natal: EDUFRN, 2005.

_____.Tendências atuais do turismo potiguar. A internacionalização e a interiorização. In NUNES E. et al. Dinâmica e gestão do território potiguar. EDUFRN, 2007.

_____. SILVA, K. O. Origem e evolução das segundas residências no Polo Costa das Dunas/RN. In FONSECA, M. A. P. (Org.). Segunda residência, lazer e turismo. Natal: EDUFRN, 2012.

_____. OLIVEIRA, E. J.; BATISTA, J. L. D. V. Seasonality, Flexibility and Dynamic of Services in Leisure Spaces of the Potiguar Coast, Brazil. In American Journal of Tourism Research Vol. 4, No. 2, 2015, p.68-78.

_____.; SANTOS JUNIOR, A. P.; NUNES, M. R. O. Reestruturação produtiva, turismo e investimentos internacionais no litoral potiguar. Revista Formação, n.23, volume 1, 2016, p. 158-176.

HARVEY, David. A justiça social e a cidade. São Paulo: Hucitec, 1980.

_____. A produção capitalista do espaço. 2. ed. São Paulo: Annablume, 2005.

______. O enigma do capital: e as crises do capitalismo. 1. ed. São Paulo: Boitempo, 2011.

IBGE. Sinopse preliminar do censo demográfico. Rio de Janeiro, 1991.

______. Sinopse preliminar do censo demográfico 2000. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2012 as 10h06min.

______. Sinopse do censo demográfico 2010. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2012 as 10h07min.

JANOSCHKA, M.; HAAS, H. Contested spatialities, lifestyle migration and residential tourism. London, New York. Routledge, 2014.

LEFEBVRE, Henry. A revolução urbana. Belo Horizonte: Editora UFMG. 1999

LEES, L.; SHIN, H. B.; LÓPES-MORALES, E. Planetary gentrification. Cambridge: Polity Press, 2016.

NUNES, Maria Rita de Oliveira. Investimentos Internacionais e o Turismo em Tibau do Sul/RN. Dissertação (Mestrado em Turismo), UFRN, Natal, 2014. 111 p.

QUEIROZ, L. A. P. C.- Incorporações imobiliárias: ciclos, financeirização e dinâmica espacial em Natal/RN. Tese (Doutorado), UFPE, 2012.

_____. Do turismo imobiliário à financeirização do mercado. Oscilações da produção imobiliária em Natal/RN – 2000 a 2010. In Anais da 12ª Conferencia Internacional da LARES. São Paulo, 2012.

_____. _____. ;GUEDES, L.; ROLIM, E.; NAZÁRIO, L.; TORRES, L. Bolha imobiliária ou acomodação de preços? O processo de (des)valorização de imóveis residenciais em Natal/RN, entre os anos de 2013 e 2015. In Anais da 16ª Conferência Internacional da LARES, São Paulo, 2016.

SANTOS JUNIOR, A. P. Investimentos internacionais e a valorização imobiliária dos municípios de Maxaranguape e Rio do Fogo. Dissertação (Mestrado em Geografia), UFRN, Natal, 2015.

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo - SEMURB. Natal ontem e hoje. Natal (RN): Departamento de Informação Pesquisa e Estatística, Prefeitura Municipal do Natal. 2006.

SECRETARIA ESTADUAL DE TURISMO DO RIO GRANDE DO NORTE – SETUR/RN. Indicadores básicos de turismo. Rio Grande do Norte – 1991/1996. Natal, 1999.

_____ . Indicadores básicos de turismo. Rio Grande do Norte – 1995/1998. Natal, 2000.

SECRETARIA ESTADUAL DE TURISMO DO RIO GRANDE DO NORTE – SETUR. Indicadores básicos do turismo do Rio Grande do Norte 2001/2005. Natal, Governo do Rio Grande do Norte, 2006.

______. Indicadores básicos do turismo do Rio Grande do Norte 2006/2010. Natal, Governo do Rio Grande do Norte, 2011.

SILVA, A. F. C.; SOBRINHA, M. D. P. B.. CLEMENTINO, M. L. M. Novas tipólogias habitacionais perante a expansão do capital imobiliário-turístico em Natal-RN. Cadernos Metrópoles, n.16, 2006.

_____. O Litoral e a metrópole. Dinâmica imobiliária, turismo e expansão urbana na Região Metropolitana de Natal-RN. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2010.

_____.; FERREIRA, Â. Imobiliário-turístico no litoral nordestino: investimentos estrangeiros e impactos locais nas praias potiguaras. In: PONTES, M. (Org.). Segunda residência, lazer e turismo. Natal: EDUFRN, 2012. p.127-156.

TABALES, A.F.; MAZO, E. C. Territorio y actividad constructora: del ‘Tsunami’ a la crisis. Factores explicativos y propuesta de indicadores a escala municipal en Andalucia. Boletin de la Asociación de Geógrafos Españoles, n.56, 2011, p.79-110.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/raega.v46i2.57587

Direitos autorais 2019 Raega - O Espaço Geográfico em Análise

_____________________________________________

ISSN (IMPRESSO) 1516-4136 até 2008

ISSN (ELETRÔNICO) 2177-2738 a partir de 2009