Open Journal Systems

Psicologia e Escola Pública: um estudo de revisão sistemática

Roniel Sousa Damasceno, Amadeu Antônio Pereira Neto, Fauston Negreiros, Sandra Elisa de Assis Freire

Resumo


A prática da psicologia na escola pública sustentou-se, historicamente, tanto através de concepções teóricas individualistas e medicalizantes sobre as demandas escolares, quanto pelo avanço teórico-metodológico advindo das contribuições que o movimento de crítica ensejou na práxis psicológica. No presente estudo, objetivou-se realizar uma revisão sistemática acerca da atuação das psicólogas nas escolas públicas brasileiras, entre 2011 e 2021, considerando o percurso da subárea de psicologia escolar/educacional na reconstrução de sua práxis em uma perspectiva crítica. Das 338 produções recuperadas nas bases PePsic, SciELO, BVS, Scopus e LILACS, incluíram-se 16 artigos que contemplaram os critérios de elegibilidade. Os resultados apontaram a presença das psicólogas escolares nos diferentes níveis de ensino, realizando práticas voltadas para alunos, família, professores e gestão escolar, bem como articulando diálogos multiprofissionais e intersetoriais. A discussão assinalou a ação política de práticas que se sustentam pelo coletivo e que se mantêm alinhadas às múltiplas vozes inseridas no cotidiano escolar. As contribuições dos achados são demonstradas pela síntese de diferentes práticas e intervenções com vistas à orientação das psicólogas presentes nas escolas das diversas regiões pelo país.


Palavras-chave


Atuação; Psicologia Escolar; Revisão Sistemática.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/riep.v27i3.86811