Open Journal Systems

Grupos em Saúde Mental: relato de experiência profissional em um “Grupo Condutor”

Tainara Oliveira Andreeti, Adriane Roso, Catiele dos Santos, Diogo Faria Corrêa da Costa

Resumo


Este relato de pesquisa visa descrever a implementação e a consolidação de um “Grupo Condutor” promovido por uma Coordenadoria Regional de Saúde do Rio Grande do Sul, Brasil, baseado nos preceitos da teoria e da técnica de Grupos Operativos. A pesquisa foi realizada durante os anos de 2016 a 2018, junto a profissionais de diversos serviços de saúde da Rede de Atenção Psicossocial, localizados em 32 municípios. Para a construção das informações junto ao grupo, adotou-se a análise documental, observação participante e uso de diário de campo. Evidenciou-se desafios rumo à realização da tarefa grupal, principalmente devido às mudanças de coordenação, à carência de incentivo à participação no grupo por parte de gestores municipais e aos retrocessos e dificuldades no campo sociopolítico. Conclui-se que o Grupo Condutor se apresenta como uma ferramenta potencial no campo da saúde, no que tange ao incentivo à Educação Permanente e às práticas de cuidado humanizadas e integralizadas. Todavia, vislumbra-se a necessidade de sensibilização e qualificação, teórica e técnica, dos coordenadores da saúde mental e trabalhadores da saúde para potencializar o Grupo Condutor como uma ferramenta de trabalho na Rede de Atenção Psicossocial.

Palavras-chave


grupos; saúde mental; educação permanente; atenção psicossocial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/riep.v26i1.78282