Escala de práticas pedagógicas para a criatividade no ensino fundamental: estudo preliminar de validação

Eunice M. L. Soriano Alencar, Denise Souza Fleith

Resumo


Este estudo teve como objetivo construir e validar uma escala de práticas pedagógicas para a criatividade no ensino fundamental. A escala, com 36 itens, foi aplicada em 398 professores, das quatro primeiras séries de escolas públicas e particulares. Foi efetuada análise fatorial, que gerou os seguintes fatores: Estímulo à Produção de Novas Idéias, Interesse pela Aprendizagem do Aluno, Participação do Aluno em Sala de Aula, Incentivo à Autoconfiança do Aluno, Procedimentos Tradicionais de Ensino, Valorização das Idéias Discentes e Promoção da Auto-Avaliação Discente. Os coeficientes de fidedignidade variaram de 0,51 a 0,69, o que indica a necessidade de revisão da escala, com inclusão de novos itens e investigações com amostras distintas. Este instrumento pode vir a contribuir para a identificação de crenças e idéias errôneas de professores sobre procedimentos úteis para o desenvolvimento da criatividade em sala de aula.

 

Palavras-chave: professor; escola; avaliação de práticas pedagógicas.

             

 


Palavras-chave


professor; escola; avaliação de práticas pedagógicas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v11i2.7503

Direitos autorais