Percepções e comportamentos de cuidado neonatal de mulheres participantes de um Programa Mãe-Canguru

Manuela Beltrão Oliveira e Silva, Regina Célia Souza Brito

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar as percepções, experiências e comportamentos de cuidado neonatal de mulheres participantes de um Programa Mãe-Canguru, visando compreender como elas percebem e vivenciam a experiência. Participaram do estudo 5 díades. A idade das mães variou entre 16 e 33 anos. Foram utilizados o Inventário de Depressão de Beck e o Questionário de Aceitação Materna em relação ao Programa Mãe-Canguru. O comportamento não verbal das participantes foi registrado através de sessões diárias de observação e foram realizadas entrevistas temáticas sobre vida afetiva e família de origem, que esclareceram muitos aspectos dos dados coletados. Os resultados sugeriram que o método é bem tolerado, mas que acontecimentos externos exercem influência no comportamento e no estado emocional das participantes. As mães desempenharam as atividades prescritas e o tempo de permanência no programa parece ter sido utilizado como um momento de reflexão sobre suas vidas. Este tipo de investigação ainda precisa ser explorado em novos estudos, a fim de propiciar um desenvolvimento do Programa Mãe-Canguru.

 

Palavras-chave: Programa Mãe-Canguru; comportamento materno; mulher.


Palavras-chave


Programa Mãe-Canguru; comportamento materno; mulher

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v12i2.7258

Direitos autorais