Efeitos de tarefas de seleção na nomeação de figuras com crianças pequenas de 19 a 29 meses

Gabriela Aniceto, Lidia Maria Marson Postalli

Resumo


Investigou-se a exposição às tarefas de seleção de figuras diante palavras ditadas seria condição suficiente para emergência de nomeação de figuras. Participaram quatro crianças na faixa etária de 19 a 29 meses com desenvolvimento típico. O delineamento utilizado foi o de múltiplas sondagens entre categorias (animais, frutas e brinquedos). Inicialmente, foi realizada a avaliação de nomeação com os estímulos das categorias; em seguida, as crianças realizaram sessões de ensino da relação entre palavra ditada e figura e sonda de nomeação com a primeira categoria. Após o critério estabelecido, foi realizada a avaliação de nomeação. O procedimento foi repetido com as duas demais categorias. Os resultados demonstraram que o ensino de seleção pode favorecer a nomeação de figuras. Verificou-se variabilidade intra e interparticipantes no desempenho em uma mesma categoria e entre categorias. Sugere-se replicações para avaliar a generalidade dos resultados e as variáveis que contribuam com o aprimoramento do procedimento de ensino.


Palavras-chave


matching-to-sample; nomeação; crianças pequenas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v23i02.58629

Direitos autorais 2019 Gabriela Aniceto, Lidia Maria Marson Postalli

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.