Capacitação de profissionais para intervenção em comportamentos aberrantes: Elaboração de material didático e validação social

Thaís Yazawa, Sílvia Aparecida Fornazari

Resumo


Pessoas com deficiência intelectual severa, muitas vezes continuam a margem dos serviços de atendimento especializado, apesar das políticas de inclusão escolar e social para essas pessoas.  Esses indivíduos podem apresentar comportamentos aberrantes, um conjunto de comportamentos mal adaptativos que podem ser fonte de estigmatização dessas pessoas, dificultando a inclusão e o acesso ao tratamento especializado. O presente artigo versa sobre a elaboração e validação social de um material didático sobre princípios básicos da Análise do Comportamento, Análise funcional, e os procedimentos de Reforçamento diferencial de comportamentos alternativos e Reforçamento diferencial de comportamento incompatível, que podem ser utilizados para diminuir a emissão dos comportamentos aberrantes e aumentar a frequência de comportamentos adequados, aumentando o repertório comportamental das pessoas com deficiência intelectual severa. O material didático foi entregue aos 11 profissionais da saúde participantes, que realizaram as atividades propostas pelo mesmo. Foi aplicado nos participantes o Therapy Attitude Inventory (TAI) adaptado para realizar uma validação social do material desenvolvido, com relatos positivos sobre a necessidade de haver um material como esse para os profissionais compreenderem os comportamentos aberrantes. Tais resultados também puderam ser demonstrados na correlação do TAI e na entrevista final.


Palavras-chave


comportamentos aberrantes; material didático; análise do comportamento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v23i3.57359

Direitos autorais 2019 Thaís Yazawa, Sílvia Aparecida Fornazari

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.