Consultas Terapêuticas Familiares no Tratamento do Comportamento Agressivo em Crianças

Conceição Aparecida Serralha, Roberta Espote, Marília de Souza Silva, Tarcila Barboza Silva, Selene Aparecida Vilela Arruda

Resumo


Relato de estudo no qual foi aplicado o modelo consultas terapêuticas familiares (CTF) no tratamento de
famílias de crianças agressivas. Esse modelo foi desenvolvido pelas autoras com base nos trabalhos de R.
Benenzon, em musicoterapia, e D. Winnicott, em consultas terapêuticas. Participaram seis famílias, com
as quais foram realizadas entrevista inicial (EI), hora interativa (HI) e sessão com os cuidadores (SC), em
unidades ambulatoriais. Em alguns casos, houve observações na escola (OEs). As EIs, HIs, OEs e SCs
foram registradas por escrito, e as HIs foram gravadas em aúdio e vídeo. A análise constatou, nas
crianças, diminuição dos comportamentos agressivos relacionados aos sentimentos de insegurança e
desconfiança em relação aos cuidadores. Havendo adesão dos principais cuidadores, o modelo mostrouse
viável e fecundo.


Palavras-chave


Comportamento; tratamento; família; agressividade; crianças

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v20i2.33911

Direitos autorais 2016 Interação em Psicologia