No cotidiano das creches o cuidar e o educar caminham juntos

Cristiane Ribeiro da Silva, Maria Augusta Bolsanello

Resumo


O presente artigo contribui para o debate da dicotomia existente entre o cuidar e o educar que ainda vigora nas concepções de profissionais que atuam na creche. Enfatiza o cuidar e o educar como dimensões essenciais ao desenvolvimento de crianças de zero a seis anos de idade, exigindo um trabalho de forma planejada, com organização de espaços adequados, no sentido de estimular os processos de desenvolvimento infantil (motor, cognitivo, emocional, social). Salienta que a creche deve se configurar como lugar de interação e socialização de crianças, complementar à ação familiar, bem como ressalta a importância da formação do profissional que nela atua.

Palavras-chave: educação infantil; desenvolvimento infantil; formação de profissionais.


Palavras-chave


educação infantil; desenvolvimento infantil; formação de profissionais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v6i1.3190

Direitos autorais