Assédio Moral em Estudantes Trabalhadores e sua Relação com o Bem-Estar no Trabalho

Alessandra Rodrigues Jacoby, Janine Kieling Monteiro

Resumo


Este trabalho tem o intuito de investigar o assédio moral e as possíveis relações com o bem-estar no
trabalho. Foram aplicados o Questionário Biosociodemográfico e Laboral, o Questionário de Atos
Negativos - QAN e as Medidas de Bem-estar no Trabalho em 457 acadêmicos de graduação. Os
resultados mostraram que há relação entre o assédio moral e as medidas de bem-estar no trabalho
(p<0,05), indicando que a presença da violência psicológica causa uma diminuição no bem-estar laboral.
Na análise de regressão linear, alguns atos negativos no trabalho foram preditores de duas dimensões das
medidas de bem estar no trabalho. Estes resultados sugerem que a ocorrência de assédio moral está
associada a menor satisfação e comprometimento no trabalho.


Palavras-chave


Assédio moral; trabalho; violência; saúde; bem-estar

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v20i3.29684

Direitos autorais 2017 Alessandra Rodrigues Jacoby, Janine Kieling Monteiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.