Variáveis do terapeuta: Análise em periódicos brasileiros (1998-2007)

Emérico Arnaldo de Quadros, Elisa Medici Pizão Yoshida

Resumo


Apesar do reconhecimento da relevância do papel do psicoterapeuta no atendimento psicológico, não é claro como as variáveis relacionadas a ele atuam sobre o processo. Este estudo visou conhecer o que foi pesquisado sobre o terapeuta no Brasil, realizou-se levantamento em periódicos brasileiros, Qualis A e B, entre 1998 a 2007. Foram analisadas variáveis formais da produção e as variáveis pesquisadas do terapeuta, divididas em: traços e estados observáveis e inferidos. A amostra de 45 artigos foi acessada em 22 periódicos, no portal CAPES e bibliotecas. Os resultados apontaram para pouca produção de pesquisas empíricas (29%) e predomínio de trabalhos teóricos (60%). Os resultados sugerem que a maioria das variáveis que são objeto de pesquisa na literatura internacional são ignorada ou apenas mencionada nos trabalhos nacionais. As conclusões remetem à necessidade de mais pesquisas brasileiras voltadas para as variáveis do terapeuta.

 

Palavras-chave: pesquisa em psicoterapia; pesquisa de resultado em psicoterapia; processo de psicoterapia.


Palavras-chave


pesquisa em psicoterapia; pesquisa de resultado em psicoterapia; processo de psicoterapia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/psi.v16i1.11546

Direitos autorais