Open Journal Systems

13 Reasons Why: uma análise filosófica a respeito do suicídio sob a ótica de Camus, Freud e Schopenhauer e sua abordagem pedagógica no Ensino Médio.

Edson Renato Nardi, Leticia Rossi Feliciano Brigagão

Resumo


O objetivo deste artigo é reexaminar o fenômeno do suicídio, substanciado na série
televisiva 13 reasons why, criada por Brian Yorkey no ano de 2017. Neste reexame, analisa-se o conteúdo do seriado, a polêmica oriunda de seu tema e as razões que impulsionaram a protagonista ao auto-extermínio. A investigação é direcionada ao estudo das teorias de alguns filósofos, que teceram considerações relevantes sobre a questão: Albert Camus, Sigmund Freud e Arthur Schopenhauer. Objetiva-se ainda, pela pesquisa bibliográfica e filmológica, a diferenciação das motivações que estruturam a autodestruição, os posicionamentos filosóficos que esclarecem essa conduta e, por fim, busca-se expressar a possibilidade da abordagem do
tema do suicídio aos adolescentes no ambiente educacional.


Palavras-chave


13 reasons why; suicídio; Camus; Freud; Schopenhauer; ensino.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/nesef.v7i1.62479