Open Journal Systems

A DINÂMICA DAS LUTAS POLÍTICAS NO PARANÁ ATRAVÉS DA BIOGRAFIA DO PROFESSOR JOSÉ CLETO DA SILVA

Alessandro Cavassin Alves

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar a biografia do professor de primeiras letras (alfabetização) José Cleto da Silva (1843-1912); o biografado se destaca pelo seu papel como professor de instrução primária em Paranaguá, principal cidade do litoral do Paraná, e depois, na capital Curitiba, e outras cidades; sua profissão foi voltada para a educação; mas, para além da educação, destacou-se, também, em sua atuação como político do Partido Liberal em sua cidade, uma região dominada pelos Conservadores, o que permite identificar a dinâmica da política local; posteriormente, no início da República, também acaba lutando em favor dos maragatos, contrários ao governo de Floriano Peixoto. Como professor primário acabou, na década de 1870, se engajando na luta contra a escravidão, oferecendo aula noturna a trabalhadores e escravizados e, ainda, atuando como curador em causas de liberdade; seria ele um dos primeiros paranaenses abolicionistas; com isso, chegou a ser deputado provincial em uma legislatura, no início da década de 1880; ser professor primário lhe conferia destaque na sociedade litorânea paranaense, mas foi seu enfrentamento social contra a escravidão que lhe proporcionou entrar no seleto grupo dos deputados paranaenses, mesmo que por apenas uma legislatura; seu nome foi uma forma dos liberais paranaenses provocarem o poder dos conservadores de Paranaguá. Mas isto, certamente, desencadeou, entre outros motivos juntos, sua expulsão de seu próprio município, ao se desentender com as principais autoridades locais; teve, então, de reiniciar a vida profissional como professor primário em Curitiba, onde se aposenta, mas continua trabalhando, abrindo escolas particulares com suas filhas. Na República, como dito, sua luta na Revolução Federalista, em 1894, revela um pouco mais seu caráter político e combativo. Porém, não conseguiu mais alcançar o posto da elite política paranaense, a de ser um deputado. Com seu falecimento, na década de 1910, em novos tempos ou não, Paranaguá erige um busto em sua homenagem na praça de nome de seu rival político da década de 1880.


Palavras-chave


José Cleto da Silva. Política paranaense. Abolicionismo no Paraná.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Alessandro Cavassin. A Província do Paraná e sua Assembleia Legislativa (1853 a 1889). A força política das famílias tradicionais. Curitiba: Máquina de Escrever, 2015.

ALVES, Alessandro Cavassin. A família de Manoel Antônio Guimarães na composição do poder local em Paranaguá no século XIX. Revista NEP (Núcleo de Estudos Paranaenses), Curitiba, v. 3, n. 1, p. 209-237, maio 2017.

A REPÚBLICA, órgão do Partido Republicano, Curitiba 1888-1930. (consulta de material impresso)

ASSEMBLEIA Geral. Gazeta Paranaense, Curityba, 12 de agosto de 1885. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/242896/666. Acesso em 07 abr. 2024.

DEZENOVE de Dezembro, Curitiba (1853-1890). (consulta de material impresso)

FUTURO. O Futuro, Paranaguá, de 20 de junho de 1885. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/305740/128. Acesso em 07 abr. 2024.

JOSÉ Cleto da Silva. Rastro Ancestral. Disponível em: https://rastroancestral.com.br/jose-cleto-da-silva/. Acesso em 07 abr. 2024.

NEGRÃO, Francisco. Genealogia Paranaense. Curitiba: Imprensa Paranaense, vol. 6, 1950.

PARANÁ, Arquivo Público. Catálogo seletivo de documentos referentes aos africanos e afrodescendentes livres e escravos. Curitiba: DAP-PR, 2005.

SILVA, Noemi Santos da. Abolicionismo em Paranaguá: apontamentos a partir da trajetória de um professor público. In: XV Encontro regional de História. Curitiba: UFPR, 2016. Disponível em: https://www.encontro2016.pr.anpuh.org/resources/anais/45/1468197682_ARQUIVO_textocompletoanpuh2016NoemiSilva.pdf.

SILVA, Noemi Santos da. O Paraná Abolicionista: Lutas pelo fim da escravidão. In: MENDONÇA, Joseli Maria Nunes [et. al.]. (orgs). Paraná insurgente: Histórias e lutas sociais – séculos XVIII ao XXI. São Leopoldo: Casa Leiria, 2018.

SILVA, Noemi Santos da. Direito de aprender: A educação nas lutas negras por emancipação (Paraná, 1853-1910). Tese em História. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2023. Disponível em: https://www.repositorio.unicamp.br/acervo/detalhe/1343772. Acesso em: 12 fev. 2024.

Tribunal de Justiça do Estado do Paraná. Memória e Justiça. “Ação de liberdade”, Paranaguá, 1879.

Sites Pesquisados

A Estátua do Professor Cleto, por Alexandre Camargo de Sant’Ana – Folha do Litoral, 22nov. 2017 – Disponível em: https://folhadolitoral.com.br/centro-de-letras-coluna/a-estatua-do-professor-cleto. Acesso em: 22 jan. 2024.

Professor Cleto, por Alexandre Camargo de Sant’Ana – Folha do Litoral, 01 nov. 2017. Disponível em: https://folhadolitoral.com.br/centro-de-letras-coluna/professor-cleto. Acesso em 22 jan. 2024.

Memorial do Trajeto Negro em Paranaguá: 4 – Professor Cleto. Disponível em: https://filhosdagavioes.com.br/4-professor-cleto/. Acesso em: 22 jan. 2024.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/nep.v10i1.95765

Apontamentos

  • Não há apontamentos.