Adolescente surdo e os conflitos da idade: o olhar da Psicologia

Marcia Cristina Lobo

Resumo


O período da adolescência já é cercado por diversos estigmas e para um adolescente surdo não é diferente, principalmente uma vez constatando dificuldades na qualidade da comunicação durante a infância. Este trabalho analisa e compara as peculiaridades do desenvolvimento do adolescente surdo com o adolescente ouvinte na perspectiva da Psicologia. O estudo demonstra a importância da qualidade da comunicação dos pais para com seus filhos durante a fase da infância, a qual representa os primeiros aprendizados no que se referem aos valores, princípios, assim como o fortalecimento do laço familiar, sendo este de estrema significância no que tange a autoestima e a autoimagem de um indivíduo e consequentemente de suas futuras escolhas. E para o surdo, a adolescência como uma fase da vida de grande estima, uma vez que pode ser o seu período identificatório de maior importância para a fase seguinte e o restante de sua vida.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/nep.v2i5.49565

Apontamentos

  • Não há apontamentos.