Da celebração à comoção: os discursos da imprensa escrita paulista em relação a uma célebre luta de boxe

Riqueldi Straub Lise, Fernando Renato Cavichiolli, André Mendes Capraro

Resumo


O objetivo deste estudo consiste em explicitar as mudanças nos discursos da imprensa escrita paulista, acerca da capacidade pugilística de Benedicto dos Santos no confronto que realizou contra o campeão europeu dos pesos pesados de boxe, Ermínio Spalla. Tendo como fontes primárias os jornais da cidade de São Paulo, foi adotado os preceitos metodológicos preconizados por Luca (2011) para a análise das referidas fontes. Notou-se ao longo desse estudo, que a partir da confirmação do confronto de boxe entre dos Santos e Spalla a imprensa paulista noticiou amplamente vários aspectos relacionados ao evento. Um desses aspectos faz menção a capacidade física e técnica do pugilista brasileiro de enfrentar um lutador muito experiente e aprimorado técnicamente. Se em um primeiro momento, a imprensa escrita, considerava dos Santos inapto para tal desafio, em um segundo momento admitia que o lutador brasileiro possuia reais chances de obter a vitória sobre o contendor italiano, e por fim, ao noticiar a hospitalização de dos Santos, em decorrência dos golpes de Spalla, percebe-se outra mudança nos discursos, a de que esta luta nunca deveria ter aontecido devido a diferença física e técnica entre os dois lutadores.


Palavras-chave


Periódicos; Discurso; Boxe

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/his.v68i2.72604

Licença Creative Commons Os textos da revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
 
História: Questões & Debates. ISSN: 0100-6932 e e-ISSN: 2447-8261.
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PPGHIS-UFPR) - com apoio da da Associação Paranaense de História (APAH)

Universidade Federal do Paraná
Rua General Carneiro, 460, 7º andar
Curitiba – Paraná – Brasil - CEP: 80060-150