PRESERVAÇÃO DOS ARQUIVOS HOLANDESES DE MODA. A REDE DE MODA ARNHEM

Fred van Kan

Resumo


Em 2011, o Museu de Arte Moderna de Arnhem, o Instituto de Artes ArtEz e o Arquivo de Gelders uniram forças para preservar os arquivos da moda holandesa moderna. Eles estabeleceram o Modekern, uma rede na qual cada parceiro tem uma responsabilidade especial. O Arquivo de Gelders reúne os registros de importantes designers de moda holandeses, incluindo esboços, experimentos com tecido e portfólios. A academia de moda da ArtEz usa esses registros para pesquisa e educação. Designers e estudantes podem examniar esses arquivos de moda, se inspirar e usá-los para o seu próprio desenvolvimento. O Museu organiza exposições baseadas nos arquivos e no uso de objetos de moda. Nenhum novo instituto foi fundado, mas nesta colaboração cada parceiro traz sua força: o todo é mais do que a soma de suas partes. Neste artigo dedicamos atenção ao desenvolvimento do Modekern no peíodo 2011-2017.


Palavras-chave


moda holandesa; Modekern; arquivos de moda

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/his.v65i2.55397

Licença Creative Commons Os textos da revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
 
História: Questões & Debates. ISSN: 0100-6932 e e-ISSN: 2447-8261.
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PPGHIS-UFPR) - com apoio da da Associação Paranaense de História (APAH)

Universidade Federal do Paraná
Rua General Carneiro, 460, 7º andar
Curitiba – Paraná – Brasil - CEP: 80060-150