TURISMO E ROMANITÀ: UMA NOVA VISÃO DE POMPEIA (1924-1942)

Ray Laurence

Resumo


Em 1958, durante o final da sua longa supervisão de escavações na cidade de Pompeia, Amedeo Maiuri fez numerosas observações a respeito da interação existente entre o sítio arqueológico e os turistas que o visita- ram3. Essas observações revelaram um propósito para o seu trabalho que culminaram na remodelação das ruínas da cidade de Pompeia, por meio de novas escavações e novos projetos de conservação. Seu foco era o início da temporada de turismo em Pompeia no mês de abril, quando observou as primeiras procissões ou multidões de turistas que chegaram à Porta Mari- na. N 


Palavras-chave


Pompeia; Romanità;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/his.v60i1.38289

Licença Creative Commons Os textos da revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
 
História: Questões & Debates. ISSN: 0100-6932 e e-ISSN: 2447-8261.
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PPGHIS-UFPR) - com apoio da da Associação Paranaense de História (APAH)

Universidade Federal do Paraná
Rua General Carneiro, 460, 7º andar
Curitiba – Paraná – Brasil - CEP: 80060-150