Narrativas sobre o Patrimônio Industrial: Ferramentarias de Moldes e Matrizes em Joinville/SC

Christiane Heloisa Kalb, Mariluci Neis Carelli

Resumo


Este artigo analisa a importância do patrimônio industrial, especialmente no que se refere às ferramentarias de moldes e matrizes para a cidade de Joinville/SC. A cidade é conhecida internacionalmente por sua característica industrial, especialmente na área de ferramentarias. Essa realidade já conta com algumas décadas de história que pode ser contada a partir das memórias dos seus ferramenteiros, que iniciaram suas atividades durante a década de 1980. A metodologia utilizada foi embasada em revisão bibliográfica e na análise das entrevistas orais obtidos pelo Projeto de Pesquisa denominado Patrimônio Industrial de Joinville – PIJ. Durante a pesquisa ficou claro a ligação entre a identidade dos entrevistados, em sua maioria ferramenteiros ativos ou já aposentados, com a cidade de Joinville conhecida por sua pujança industrial, por esse motivo, merecedora de estudos mais aprofundados sobre o patrimônio cultural industrial em seus aspectos materiais e imateriais, a partir das memórias desses profissionais ferramenteiros.


Palavras-chave


Patrimônio Industrial; Ferramentarias; Memórias;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/his.v62i1.37926

Licença Creative Commons Os textos da revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
 
História: Questões & Debates. ISSN: 0100-6932 e e-ISSN: 2447-8261.
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PPGHIS-UFPR) - com apoio da da Associação Paranaense de História (APAH)

Universidade Federal do Paraná
Rua General Carneiro, 460, 7º andar
Curitiba – Paraná – Brasil - CEP: 80060-150