PAIXÃO PARTILHADA E PARTICIPATIVA – O CASO DO FUTEBOL

Arlei Sander Damo

Resumo


Este artigo trata da relação entre emoção e política no espectro do futebol de espetáculo tendo como ponto de partida as investigações etnográficas realizadas entre torcedores e profissionais deste esporte. Serão recuperados conceitos forjados pelo autor no decorrer destas investigações, evidenciando a dimensão política e emotiva na produção, expressão e negociação das identidades no espaço do futebol.

Palavras-chave


futebol; identidade; emoção; política; clube; nação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/his.v57i2.30571

Licença Creative Commons Os textos da revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
 
História: Questões & Debates. ISSN: 0100-6932 e e-ISSN: 2447-8261.
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PPGHIS-UFPR) - com apoio da da Associação Paranaense de História (APAH)

Universidade Federal do Paraná
Rua General Carneiro, 460, 7º andar
Curitiba – Paraná – Brasil - CEP: 80060-150