ANÁLISE DO ENSINO DO SABER RELIGIÃO EM GEOGRAFIA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ENSINO MÉDIO DA CIDADE CAICÓ (RN)

Roseane Richele de Medeiros, Diego Salomão Candido de Oliveira Salvador

Resumo


A religião é um saber que pode ser discutido na ótica geográfica, sendo que, nos dias de hoje, o diálogo entre Geografia e religião ocorre por meio de estudos voltados para os fenômenos religiosos na dinâmica espacial, os lugares enquanto espaços sagrados e profanos, as paisagens sagradas e as territorialidades, assim como os territórios conformados pelas religiões. Vale ressaltar que a espacialidade sagrada e profana adquire formas e significados próprios que estão expressas no espaço – implícita e explicitamente, sublinhando-se uma forte ligação entre o homem e o seu espaço. Assim, cabe ao professor de Geografia possibilitar que os estudantes construam a capacidade de apreender a sua realidade sob o ponto de vista geográfico, sendo a religião um saber fundamental para que estes apreendam a ler o mundo, o lugar e suas conexões, por meio da Geografia. Assim, analisamos as abordagens do saber religião realizadas pelos professores de Geografia no Ensino Médio nas escolas públicas da cidade de Caicó (RN), de modo a compreender, inclusive, o entendimento que esses profissionais têm a respeito de sua prática e do ensino de Geografia. Recortamos para a pesquisa as escolas públicas de Ensino Médio da cidade de Caicó considerando o fato de este ser o principal centro urbano do Seridó Potiguar, sendo que todos os procedimentos educacionais adotados nas escolas dessa cidade acabam influenciando – direta ou indiretamente – àqueles desenvolvidos nas escolas dos demais municípios seridoenses. Outrossim, a produção do espaço caicoense foi e é influenciada pela religião, fato histórico que pode fazer com que professores de Geografia busquem contextualizar o processo educacional por meio da relação entre espaço e religião. As análises colocadas em baila nos possibilitam afirmar a importância de se trabalhar o saber religião na Geografia escolar, uma vez que a religião e a Geografia possuem relações intrínsecas, sendo viável a análise da produção do espaço geográfico por intermédio das questões ou dos aspectos religiosos. Do mesmo modo, asseveramos ser necessário romper com as práticas tradicionais de ensino-aprendizagem, ultrapassando-as com a escolha e utilização de estratégias metodológicas que possibilitem trabalhos interdisciplinares, dinâmicos e contextualizados, com a significação de conteúdos em vivências.

Palavras-chave


Geografia. Ensino escolar. Religião. Contextualização. Interdisciplinaridade.

Texto completo:

AUTORIZAÇÃO ARTIGO


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/geografar.v15i2.75161

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Geografar ISSN: 1981-089X