EFEITO DE DIFERENTES CLASSES DE ALTURA E INTENSIDADES DE DESRAMA ARTIFICIAL SOBRE O CRESCIMENTO DE UM HÍBRIDO DE EUCALIPTO

Diego Piva Cezana, José Franklim Chichorro, Leandro Tose Martins, Thiago Reggiani Cotta, Jeferson Leal Silva

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da interação entre a intensidade de desrama e a classe de altura sobre o crescimento do híbrido Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla. O experimento foi instalado em uma área declivosa no município de Mimoso do Sul, ES. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial 4 x 4 (classes de altura x intensidade de desrama). Ficou demonstrado que tanto a classe de altura quanto a intensidade de desrama tiveram efeito significativo sobre o crescimento das árvores ao nível de 5% de probabilidade, indicando que árvores maiores que 4 metros de altura apresentam crescimento mais intenso que árvores situadas em estratos inferiores a este. Com o aumento da intensidade de desrama, notou-se uma redução do crescimento, sendo o tratamento com intensidade de 80% de desrama o que apresentou menores acréscimos de diâmetro e altura. Conclui-se que a interação da intensidade de desrama com a classe de altura das árvores

Palavras-chave


Tratos silviculturais; poda; produção florestal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rf.v42i1.26310

Revista FLORESTA
ISSN Eletrônico 1982-4688
fone: 41 3360 4219
revista.floresta@gmail.com

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 Internacional (CC BY 4.0)