A Genealogia Dos Direitos Humanos e Sua Evolução Epistemológica. Uma Análise Crítica, à Luz da Participação Social da Mulher na Humanidade

Otávio Ernesto Marchesini

Resumo


Decorridos 32 (trinta e dois) anos do Ano Internacional da Mulher, cabe seja feita uma reflexão crítica quanto ao papel assumido pela mulher nas relações sociais (consideradas como tais em uma macro e plúrima acepção), enquanto componente da humanidade, e os respectivos desdobramentos desta inserção na construção da sociedade que ora se verifica existente. A presente proposta é levada a efeito, através deste artigo, valendo-se, para tanto, de um cotejo analítico com a genealogia e evolução epistemológica do Direito, em face dos Direitos Humanos, considerando-se o paulatino e gradual evolver da condição feminina.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rbdi.v6i6.9776

Direitos autorais

Revista Brasileira de Direito Internacional - RBDI. ISSN: 1980-2587