Globalização e seus efeitos: Uma discussão sobre o Brasil e sua gravitação cultural / política em relação aos EUA

Valdir Da Silva Bezerra

Resumo


Este artigo procura discutir a Globalização enquanto fenômeno, assim como suas consequências, entendimentos, desdobramentos e as principais críticas por parte de analistas, surgidas da observação de suas características mais problemáticas em nossos tempos. Posteriormente, partindo da interpretação desse como fenômeno liderado (principalmente) pelos Estados Unidos, refletimos sobre a posição do Brasil em relação à Globalização, especialmente no que concerne as relações do país com sua contraparte norte-americana. Nesse sentido, destacamos três pontos principais de contato: o turismo, a atração que as produções Hollywoodianas exercem sobre o público brasileiro e, finalmente, dentro da esfera política, as inclinações do atual presidente Jair Bolsonaro para com os Estados Unidos e, em particular, para com seu atual governante [Donald] Trump. Postula-se que a importância do Soft Power americano é fator fundamental na relação entre Brasil e Estados Unidos, num momento em que o chamado discurso Globalista (um dos aspectos ideológicos visíveis da Globalização) encontra-se ameaçado pelo surgimento de governos com tom e retórica mais nacionalistas, como o apresentado pelo governo brasileiro atual, entre muitos outros exemplos. Nesse contexto, os esforços do presidente Bolsonaro no sentido de estreitar laços com o presidente americano [Trump] podem concentrar ainda mais a atenção dada pelos brasileiros aos Estados Unidos e a suas produções culturais, aumentando potencialmente [por exemplo] o número de turistas àquele país e aproximando o Brasil daquele que pode ser considerada o centro difusor da Globalização numa época em que, curiosamente, o governo brasileiro expressa-se em termos de uma retórica anti-globalista.

 

Palavras-Chave: Globalização; Soft Power americano; Política Externa Brasileira.


Texto completo:

PDF (English)

Referências


ACHARYA, Amitav. After Liberal Hegemony: The Advent of a Multiplex World Order. Ethics & International Affairs, 31, no. 3, pp. 271-285, 2017

BARBOSA, Rubens. A Política Externa do Brasil para a América do Sul e o Ingresso da Venezuela no Mercosul. Interesse Nacional: 2008. Available at: Accessed at : 06.oct.2019

BEZERRA, Valdir da Silva. Contrasting viewpoints on International Organizations: Brazil´s position and upcoming challenges. Revista Eletrônica de Direito Internacional. [online], v.25, pp.161-177, 2019. Belo Horizonte (Brazil). Available at: Accessed at: 06.oct.2019

BOLSONARO, Jair. President Trump and Brazilian President Bolsonaro Joint News Conference. C-Span: 2019. Available at: Accessed at: 24.oct.2019

________________. Speech by Brazil’s President Jair Bolsonaro at the opening of the 74th United Nations General Assembly – New York, September 24, 2019. [Brazilian] Ministry of Foreign Affairs: 2019a. Available at: Accessed at: 12. oct. 2019

BOX OFFICE MOJO (2019). All Time Box Office. Available at: Accessed at: 09. Mar. 2019

BRAZIL (2015). EUA são o destino favorito de turistas brasileiros. Available at: Accessed at: 12. May. 2019

CASARÕES, Guilherme. Bolsonaro Na Ásia, Uma Necessária Correção De Rumos. Época: 2019. Available at: Accessed at: 08. May. 2019

____________________. Encontro com George W. Bush deve ser ponto alto da visita de Bolsonaro ao Texas. O Globo: 2019a. Available at: Accessed at: 08. May. 2019

CATRACA LIVRE (2019). EUA podem facilitar entrada de turistas brasileiros. Available at: Accessed at: 08. May. 2019

G1 (2019). BBC News: em comunicado a diplomatas, governo Bolsonaro confirma saída de pacto de migração da ONU. Available at: Accessed at: 06.oct.2019

GAZETA ONLINE (2018). Chanceler Propôs a Bolsonaro Pacto Cristão com EUA e Rússia. Available at: Accessed at: 28.sep.2019

GOLUBEV, Dmitry. (2017). International Conflicts and Conflict Management. In: TSVETKOVA, Natalia (Ed.). Russia and the World: Understanding International Relations. United Kingdom: Lexington Books

IBGE (2010). Censo IBGE Estima Brasileiros No Exterior Em Cerca De 500 Mil. Available at: Accessed at: 09. Mar. 2019

JORNAL DE TURISMO (2018). Número de turistas brasileiros nos EUA chega a 1.6 Milhões em 2018 e é o maior em dez anos. Available at: Accessed at: 09. May. 2019

KOVALEVSKAYA, Natalia; MARKUSHINA, Natalia; TSERPITSKAYA, Olga. Russia and Regionalization of World Politics. Berlin: Golden Mile Germany, 2014

MAZARR, Michael.J et al (2018). Understanding the Emerging Era of International Competition: Theoretical and Historical Perspectives. RAND Corporation: Research Report, RR-2726-AF, pp. 1-46. Available at: Accessed at: 28.apr. 2019

MEARSHEIMER, John. The Rise & Fall of the Liberal International Order. Notre Dame International Security Center: 2018. Available at: Accessed at: 22.sep.2019

MINISTRY OF TOURISM (2019). Isenção de vistos: contagem regressiva! Available at: Accessed at: 11. May. 2019

NUNES, Aloysio. Bolsonaro não traria 'nenhum retrocesso' a relações internacionais, diz Aloysio Nunes. TERRA: 2018. Available at: Accessed at: 06.oct.2019

NYE, Joseph S. The Paradox of American Power: Why the World's Only Superpower Can't Go It Alone. New York: Oxford University Press, 2003

OBSERVATORIO DO CINEMA (2018). 10 Diretores Brasileiros Que Comandaram Filmes Em Hollywood. Available at: Accessed at: 09. Mar. 2019

PANROTAS (2018). Número de turistas brasileiros nos EUA cresceu 30% até maio. Available at: Accessed at: 07. May. 2019

PECEQUILO, Cristina Soreanu (2008). As relações bilaterais Brasil-Estados Unidos (1989-2008) As três fases contemporâneas. Available at Accessed at: 23.oct.2019

STIGLITZ, Joseph. Globalization and Its Discontents. New York: W.W Norton & Company Inc, 2003

STUENKEL, Oliver. Bolsonaro Fans the Flames: Brazil’s Government Still Has One Faction That Can Douse Them. Foreign Affairs: 2019. Available at: Accessed at: 09. sep. 2019

STUENKEL, Oliver. Chanceler de Bolsonaro Precisa Ser Um Expert Em Redução De Danos. El País: 2018. Available at: Accessed at: 02.01.2018

TKACHENKO, S. (2017). International Political Economy. In: TSVETKOVA, Natalia (Ed.). Russia and the World: Understanding International Relations. United Kingdom: Lexington Books

TSVETKOVA, Natalia. (2017). Soft Power and Public Diplomacy. In: TSVETKOVA, Natalia (Ed.). Russia and the World: Understanding International Relations. United Kingdom: Lexington Books

US TRAVEL (2017). Fact Sheet: International Inbound Travel to the U.S. Available at: Accessed at: 14. May. 2019

ZAKARIA, Fareed. The post-American world. New York: W. W. Norton & Company, Inc,




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cg.v9i1.69911

Apontamentos

  • Não há apontamentos.