O "15" e o "23": políticos e políticas kaingang

Ricardo Cid Fernandes

Resumo


Este artigo apresenta a análise sobre a participação dos Kaingang da Terra Indígena Ivaí nas eleições de 2004 no município de Manoel Ribas (Paraná). Nestas eleições as coligações partidárias foram representadas pela disputa entre o "15" e o "23". Entre os indígenas as tensões faccionais acompanharam todo o processo eleitoral, o que implicou transformações em seu ordenamento político. Acompanhando a teoria antropológica, este artigo discute as condições culturalmente específicas envolvidas nos regimes de trocas kaingang, conduzindo a questionamentos sobre as definições nativas de domínio público. Para tanto, são confrontados aspectos da organização social e dimensões classificatórias da experiência sócio-política dos Kaingang do Ivaí.


Palavras-chave


Kaingang; faccionalismo; domínio público; unidade de troca

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cam.v7i2.7437

Direitos autorais