Pesquisar e participar da formulação de uma causa pública: notas etnográficas sobre o desaparecimento de pessoas no Brasil

Leticia Carvalho de M. Ferreira

Resumo


O artigo discute questões de ordem metodológica implicadas em uma experiência particular de pesquisa etnográfica: um trabalho de campo extensivo realizado junto a servidores públicos, funcionários de organizações não-governamentais (ONGs) e membros de associações civis reunidos em uma rede de instituições voltada para a prevenção e o enfrentamento de casos de desaparecimento de pessoas no Brasil contemporâneo. Recompondo parte da trajetória de pesquisa e analisando alguns episódios centrais do trabalho de campo, discuto as possibilidades e os desdobramentos da aproximação entre autoridade etnográfica e autoridade burocrática implicadas nesse contexto específico de pesquisa e, ainda, trato dos dilemas da articulação entre pesquisa e participação por ele engendrados.


Palavras-chave


desaparecimento de pessoas; etnografia; autoridade; burocracia; participação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/campos.v14i1/2.34891

Direitos autorais