Relativismo Antropológico e Objetividade Etnográfica

Mauro W. B. de Almeida

Resumo



A conferência tem dois objetivos: combater o relativismo antropológico que defende a incomensurabilidade de
mundos e defender a objetividade etnográfica como componente essencial da atividade antropológica. Para isso,
começo com uma recapitulação da história da etnografia, salientando aí o papel das duas guerras mundiais; em
seguida considero as implicações atuais da violência e da guerra internacional para a discussão da objetividade e
da comensurabilidade.


Abstract


This lecture has two aims. First, to argue against a kind of anthropological relativism associated with the idea of
incomensurability of worlds; second, to argue in favor of some kind of ethnographic objectivity as the main ground
of the anthropological activity. To this end, I start with a brief history of ethnographic activity, highlighting the role
of the two world wars in it, and then I consider the implications of contemporary violence and international war to
the discussion of objectivity and commensurability.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/cam.v3i0.1585

Direitos autorais