Projetos de aprendizagem como estratégia de ensino de informática para pessoas com deficiência intelectual: Estudo de caso

Paulo Antonio Pasqual Júnior

Resumo


Introdução: As tecnologias têm transformado a maneira como as pessoas vivem e se relacionam com o conhecimento, trazendo subsídios para a potencialização de processos de ensino-aprendizagem. Uma alternativa, nesse sentido são os projetos de aprendizagem apoiados em computadores, os quais permitem ao aluno a construção do seu próprio conhecimento. Essas metodologias vêm sendo usadas em várias áreas da educação, sendo que o objetivo deste artigo é apresentar um relato de experiência sobre um projeto de aprendizagem em informática de um curso de Auxiliar de Serviços voltado a pessoas com deficiência intelectual. Método: consistiu em um estudo de caso de natureza qualitativa. Resultados: O projeto envolveu alunos com deficiência intelectual, o monitor e o professor, evidenciando-se que a aplicação da metodologia de projetos de aprendizagem resulta em um recurso eficiente para o ensino de informática para pessoas com deficiência intelectual. Conclusões: As evidências apontam que os projetos de aprendizagem podem ser uma alternativa eficaz para o trabalho com pessoas com deficiência intelectual. 


Palavras-chave


Projetos de aprendizagem; Deficiência intelectual; Informática em educação

Texto completo:

HTML EPUB PDF

Referências


Bernardi, P. M., & Silva, S. A. (2015). O uso do Facebook como ferramenta para o compartilhamento de atividades pedagógicas: uma experiência em uma escola pública de educação infantil. AtoZ: novas práticas em informação e conhecimento, 4(2), 108 – 112. doi: 10.5380/atoz.v4i2.43496

Brasil. (1991). Lei no 8.213, de 24 de julho de 1991. Presidência da República do Brasil. Recuperado em 13 de outubro de 2017, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8213cons.htm

Fagundes, L. D. C., Sato, L. S., & Maçada, D. L. (1999). Aprendizes do futuro: as inovações começaram! Recuperado em 2 mar. 2017, de http://escola2000.net/futura/textos-proinfo/livro03Lea%20Fagundes%20et%20alii.pdf

Glat, R., & Pletsch, M. D. (2004). Orientação familiar como estratégia facilitadora do desenvolvimento e inclusão de pessoas com necessidades especiais. Revista Educação Especial(24). doi: 10.5902/1984686X

Luckasson, R., et al. (2002). Mental retardation: definition, classification, and systems of support. Washington, DC: American Association on Mental Retardation.

Pan, M. A. G. S. (2008). O direito à diferença: uma reflexão sobre deficiência intelectual e educação inclusiva. Curitiba: IBEPEX.

Papert, S. (2008). A máquina das crianças: repensando a escola na era da informática. Porto Alegre: Artmed.

Ribeiro, A. P., Batista, D. F., Prado, J. M., Vieira, K. E., & Carvalho, R. L. (2014, ago./dez.). Cenário da inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho: revisão sistemática. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, 12(2), 268 – 276. doi: 10.5892/ruvrd.v12i2.1441

Silva, M. (2004). Indicadores de interatividade para o professor presencial e on-line. Revista Diálogo Educacional, 4(12). Recuperado de http://www2.pucpr.br/reol/index.php/dialogo?dd1=622&dd2=670&dd3=&dd99=pdf

Valentini, C. B., et al. (2016). Inclusão de estudantes com deficiência intelectual: uma revisão sistemática da literatura. Revista Teias, 17, 125–142. doi: 10.12957/teias.2016.25502

Yin, R. K. (2010). Estudo de caso: planejamento e métodos (4a. ed.). Porto Alegre: Bookman.




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/atoz.v6i1.54196

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Serviços de indexação e agregadores

Web of Science
Directory of Open Access Journals
Sumários.org: sumários de revistas brasileiras
Google Acadêmico
LivRe! Portal para periódicos de livre acesso na Internet
InfoBCI
Latindex Catálogo
Latindex Catálogo 2.0 Latindex Catálogo 2.0
Bielefeld Academic Search Engine
INFOBILA: Información Bibliotecológica Latinoamericana
REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Brapci (Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação Brapci (Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação

Universidade Federal do Paraná
Mestrado e Doutorado Interdisciplinar em Gestão da Informação
ISSN: 2237-826X
Qualis (2013-2016):
B2 - Comunicação e Informação
B4 - Planejamento Urbano e Regional/Demografia; Saúde Coletiva; Interdisciplinar
B5 - Arquitetura, Urbanismo e Design; Engenharias III
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
Esta obra foi licenciada sob uma Licença
Creative Commons Atribuição 4.0 Não Adaptada