Open Journal Systems

EFEITO DO NITROGÊNIO INCORPORADO OU EM SUPERFÍCIE NA PRODUTIVIDADE DE MILHO

Andressa Peruzzo, Leticia Lunelli, Mauricio Vicente Alves, Cristiano Nunes Nesi

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de doses de nitrogênio (N) incorporado ao solo ou aplicado em superfície, nos componentes do rendimento da cultura do milho. O estudo foi desenvolvido no município de São Domingos, SC, sob um delineamento experimental inteiramente ao acaso com quatro repetições e parcelas subdivididas. Na parcela principal, foi adotado o modo de aplicação de N (incorporado ou em superfície do solo), sempre ao lado da linha de plantio. Na subparcela foram avaliadas quatro doses de N aplicado na forma de ureia no estádio V4 da cultura, sendo: testemunha, sem aplicação de N, e 66, 132 e e 198 kg ha-1 de N. O híbrido utilizado foi o DKB 240 VT PRO2. O número de fileiras por espiga aumentou de forma linear para nitrogênio incorporado e não incorporado. As demais variáveis apresentaram resposta quadrática quando o nitrogênio foi incorporado ao solo e resposta linear quando o N não foi incorporado, exceto para a massa de mil grãos. O máximo rendimento de grãos foi obtido com 127,3 kg ha-1 de N incorporado ao solo e incremento de 11,5 kg ha-1 de milho para cada kg ha-1 de N aplicado em superfície.
Palavras-chave: Zea mays. Adubação nitrogenada. Incorporação.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rsa.v16i3.46503